Perguntas e respostas

Perguntas, indicações e respostas oriundas do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) da Polícia Militar do RJ, fruto do 1º Encontro da Rede Local de Enfrentamento ao Uso Abusivo de Drogas Lícitas e Ilícitas.

Nome : Maria Elizabeth Forte da Silva

Cargo: SMSDC (P S M A A)

Comunidade: Conjunto Gouveia

Questionamento:

Minha filha estuda em escola particular, tem 10 anos, gostaria de saber como ela pode participar do PROERD?

Resposta:

No momento, o PROERD só está atuando em escolas da rede pública. Como temos por foco crianças entre nove e doze anos, nos próximos semestres passaremos a atender também à rede privada de ensino.

As escolas interessadas deverão enviar ofício ao PROERD (tel.: 2333-5961).

Nome: Quaramira

Cargo: Presidente

Comunidade:  Sepetiba

Instituição: ONG Sara

Questionamento:

Gostaria de Saber como a ONG poderia fazer parte do programa PROERD. Eu como participei do PAN 2007 – fiz o curso PROERD.

Resposta:

Recomendamos a manutenção de contato pessoal com a Maj Patrícia na sede do PROERD (tel.: 2333-5961).

Nome: Ângela de Mendonça

Órgão: Casa de Magia Justiça e Amor  Cargo: Membro

Comunidade: Sepetiba

Questionamento:

Um Menor pode tomar um pouco de cerveja do copo dos Pais? Isso pode ajudar a consumir outros tipos de drogas?

Indicação

Fazer palestras ao uso abusivo de drogas em escolas particular.

Resposta

Não! É claro que não é aconselhável que os pais permitam que seus filhos menores façam uso de bebidas alcoólicas. Sim, isso abre caminho para o uso de outros tipos de drogas.

As escolas da rede privada serão inseridas no PROERD.

Nome: Rosangela de Alcântara

Órgão: CIEP 10.19.502 Maestro Heitor Villas Lobos

Cargo: Professora

Comunidade: Conjunto Antares

Questionamento:

Minha escola fica dentro do Conjunto Antares e trabalhamos até o 5º ano em horário integral. Quando nossos alunos precisam mudar para escola co 6º ano acabamos perdendo-os para o tráfico. Como podemos trabalhar com a PROERD? Vocês vão à escola ou os alunos terão que sair da escola e/ou comunidade?

Resposta:

Em razão da necessidade de preservação da segurança de alunos, docentes e demais funcionários da escola, não é viável que o programa seja aplicado dentro de comunidades com venda de drogas. Todavia, não há impedimento algum à realização do curso em outra localidade.

Nome: Alex Evangelista Mendes Silva

Órgão: ONG Ser Sempre Refazendo

Cargo: Secretario Executivo

Comunidade: Campo Grande

Questionamento:

Parabenizo o trabalho realizado pela PROERD, e gostaria de saber sobre a receptividade e procura das comunidades de ensino privado, se há resistência?

Resposta:

No momento o PROERD não está atuando em escolas da rede privada. Há vários pedidos de inclusão por parte dessas escolas. Nos próximos semestres elas serão atendidas.

Nome: Rosane

Nunes da Conceição

Órgão: 10.19.017 Otelo de Souza Reis

Cargo: Servente

Comunidade: Antares

Questionamento:

Como podemos lidar com essas crianças, se a realidade delas é essa (droga, abandono,necessidades básicas); algumas já se prostituem em troca de algum dinheiro. Como orientá-las e ajudá-las?

Resposta:

A ação tem que ser conjunta, ou seja, com vários órgãos envolvidos na busca da solução desses problemas. Inicialmente essas crianças tem a auto-estima muito baixa devido à realidade de suas vidas. Neste ano o PROERD irá atuar também realizando palestras voltadas aos pais, em empresas, associações de moradores e em faculdados, para que os adultos (responsáveis) possam se conscientizar acerca do fato de que por falta de orientação, ainda que motivada por problemas financeiros, nossas crianças estão entrando para o mundo das drogas, da prostituição e outros.

O trabalho não deve ser realizado por um órgão isolado e sim com a participação de todos.

Pesquisa: Jair Eugênio de Menezes, Instrutor do PROERD.




Anúncios

%d blogueiros gostam disto: